pessoa desenhando um layout no computador

UX e UI Design: entenda a diferença entre essas duas áreas digitais

Aprenda qual a diferença entre UX e UI Design e como essas profissões se complementam e atuam para criar um produto digital de sucesso

Views: 1142

Kaique PaesWritten by:

Dê uma olhada na tela inicial do seu Netflix. Tudo que você pode ver — do destaque que toca o trailer da série nova automaticamente, à disposição das imagens e dos títulos das séries, incluindo a barra de menu lá em cima, além da forma como cada elemento interage com você — é o que compõe uma interface.

Onde está o campo de busca? Consigo navegar facilmente pelos filmes e suas informações? E se eu clico nessa capa, para onde ela me leva? Tudo isso é papel do profissional de UI (User Interface).

Agora, imagine que você não consiga salvar uma produção nova a que queira assistir depois. Que cada episódio demore uma eternidade para carregar. Ou que você procure por “Blac Mirror” e nenhum resultado apareça porque o K falhou enquanto você digitava.

A plataforma, nesse caso, não está oferecendo o que ela promete ou o que você quer. Isso impacta diretamente na sua experiência como usuário e seu engajamento com o produto. Esses problemas, portanto, são de responsabilidade do UX (User Experience) designer.

Entender a diferença entre as funções pode ser complicado — ainda mais porque UI e UX, eventualmente e equivocadamente, são usados como sinônimos. E eles trabalham, sim, muito próximos, mas cada um tem seu domínio.

O que é UX?

UX é o processo que responde à pergunta: como meu produto pode suprir melhor as necessidades do meu usuário?

Um UX designer deve estar em contato com o público, identificar problemas, desenvolver, testar e refinar todos os aspectos de interação de uma plataforma, para garantir que valor está sendo gerado. Isso envolve não somente a tecnologia por trás dela, como o atendimento e todas as outras facetas do negócio.

postits na parede com folhas

Por isso, esse profissional deve ser multidisciplinar, conhecer MUITO bem as pessoas do outro lado da tela e seus comportamentos.

No quesito técnico, ele precisa coordenar:

  • Pesquisa
  • Planejamento
  • Prototipação
  • Arquitetura da informação
  • Testes e experimentos
  • Análise
  • Iteração

Teoricamente, UX design é uma ciência cognitiva, e não exclusiva da indústria digital — ainda que seja predominante nela.

A CNN prevê que este emprego cresça pelo menos 18% nos próximos 10 anos. De acordo com o site LoveMondays, UX Designers ganham em média R$ 5.098,00 ao mês. Os que se destacam podem descolar salários de até R$ 14.525,00.

Então o que sobra para a galera de UI?

O que é UI?

Você já entrou em um site ou aplicativo e ficou impactado por quão elegante e intuitivo tudo parecia ser?

Pode agradecer ao UI designer. Ele é responsável pela apresentação de um produto e sua navegabilidade.

Mas não vai pensando que é só escolher umas cores, umas fotos e está tudo certo. Sua preocupação é mais estética, só que isso inclui uma infinidade de elementos visuais e as relações entre eles, que impactam quão fácil ou divertido é usar um produto.

pessoa desenhando um layout no computador

UI acaba sendo uma combinação de conteúdo (texto, imagens, vídeos e anexos), forma (botões, campos, listas, caixinhas, hierarquia, etc) e comportamento (o que acontece se eu clicar, arrastar ou digitar).

O objetivo do UI designer é transferir as propriedades de uma marca para uma interface, garantir que ele seja responsivo e enriquecer a experiência do usuário. E isso independe da fase de maturidade em que se encontra o produto. É criar um espaço que seja envolvente, bonito, e que crie uma reação emocional que torne o uso agradável.

Novamente de acordo com o LoveMondays, o salário médio de um UI designer é de R$ 3.727,00 ao mês. Para níveis maiores de senioridade, a compensação pode chegar a R$ 8.566,00 mensais.

Principais diferenças entre UX e UI

  • UX se concentra em como as coisas funcionam, enquanto UI se concentra em como elas se apresentam.
  • UX é um processo; UI é uma entregável.
  • Um UI designer também precisa pesquisar, prototipar, analisar e iterar, mas com foco na parte visual.
  • Apesar de ambos desenharem interações, o UX designer olha para a jornada macro, e o UI designer, para os detalhes.
  • UX deve tornar interfaces úteis; UI as torna intuitivas e visualmente atraentes.
  • UX ajuda usuários a cumprirem objetivos; UI as facilita e cria conexões emocionais.
  • UX participa do design de produtos, interfaces e serviços; UI pertence a interfaces e é exclusivamente digital.

Como UX e UI trabalham juntos

post-its com fluxo de usabilidade

Pense no processo que um usuário deve seguir para se inscrever em sua newsletter: UX vai cuidar dos fluxos — o passo a passo que leva a uma ação bem sucedida. Por exemplo:

  1. Ele encontra o call-to-action
  2. Insere seus dados
  3. Concorda com os termos e condições
  4. Envia o formulário preenchido
  5. É direcionado à tela de confirmação de que ele foi inscrito e o aviso para checar sua caixa de entrada
  6. Recebe um e-mail com um link no qual deve clicar para confirmar seu endereço
  7. É direcionado à tela com a confirmação final e links com demais opções

O papel do UI designer é, então, refinar essas interações e colocar ênfase nas informações que garantem que esse fluxo seja seguido sem soluços.

Ele vai assegurar que o call-to-action possa ser encontrado facilmente na tela inicial. Vai indicar com cores, tamanhos ou tipografia onde o usuário deve clicar. Vai dispôr as informações e os destaques de maneira clara para que o mais importante não passe batido.

Geralmente, o UX designer cria os wireframes, os testa e aprimora, convertendo-os depois em mock-ups. Em seguida, conduz pesquisas em UX que evidenciam ajustes a serem realizados para cada mercado.

Em todos os estágios, ele está preocupado com estrutura, geração de valor, e se aquele produto está de acordo ou não com as necessidades do usuário.

UI pode se envolver desde o início, porém nas fases mais avançadas do desenvolvimento, é ele quem assume o controle. Ele deve, no entanto, trabalhar com diretrizes ditadas pelo processo anterior. Com base nelas, nas preferências e condutas do público alvo, ele toma decisões sobre aparência e navegabilidade que simplifiquem o entendimento sobre o produto e encante os usuários.

tela de computador com template de usuário

Simbiose

Fica muito claro, para quem está fora, quando as duas áreas não estão em sintonia.

Está lindo mas difícil de usar? UI forte, UX fraco. Tudo funciona muito bem mas tem páginas confusas e com visual feio? UX passa de ano, UI leva bomba.

Você não cria um produto excepcional sem que UX e UI joguem juntos e muito bem. Sem essa relação simbiótica, o Netflix não seria o que é. Nem o Spotify, o Gmail, o YouTube ou qualquer plataforma digital que a gente ama.

Que tal aprender as demandas necessárias para trabalhar com design de UX e UI com experts do mercado enquanto trabalha em um projeto real de mercado? Conheça nossos bootcamps Part-time e Full-time em UX Design e transforme o rumo da sua carreira fazendo parte de uma comunidade ativa de produtos digitais.

UX e UI Design: entenda a diferença entre essas duas áreas digitais

by Kaique Paes tempo de leitura: 5 min
0